INDÚSTRIA 4.0, como aplicar em seu negócio

A Indústria 4.0 se baseia na transformação das indústrias em relação aos novos avanços tecnológicos. Venha saber como é possível inovar a sua indústria e obter sucesso!

Sua indústria trabalha sempre procurando se destacar? Então provavelmente você já ouviu falar no novo avanço tecnológico denominado 4.0.

E se você ainda não ouviu, então saiba que há muitas novas tecnologias ocorrendo em diversas empresas e indústrias ao redor do mundo, e isso tem proporcionado uma gama de oportunidades para as mesmas se destacarem e obterem sucesso.

No entanto, sabemos que a Indústria 4.0 é um conceito muito recente, e por isso, apenas a minoria das indústrias brasileiras investirem de fato nesse desenvolvimento da tecnologia.

Segundo a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), do Ministério da Indústria e Comércio (MDIC), no país, apenas cerca de 2% das empresas estão inseridas no novo conceito de manufatura tecnológica.

Além disso, o mesmo levantamento também afirmou uma projeção de crescimento de 15% para o Brasil, daqui a 10 anos, para as indústrias que querem aderir ao estilo de indústria 4.0.

E pensando nisso, nós elaboramos esse conteúdo para detalhar tudo sobre a indústria 4.0 e mostrar como é possível aplicar essa nova tecnologia em seu próprio negócio. Quer saber mais sobre tudo isso? Então não deixe de ler esse post!

O que é a indústria 4.0?

De forma básica, a indústria 4.0 diz respeito à transformação das indústrias em relação a tecnologia. Isso significa que há uma séries de inovações disponíveis para as indústrias utilizarem e se destaquem.

O foco da indústria 4.0 visa a otimização dos processos internos de uma empresa e a melhoria no gerenciamento das informações.

Isso significa que, se você trabalha com aluguel de compressor, por exemplo, os processos para a realização da sua atividade podem ser diminuídos e otimizados, além do serviço ter mais qualidade e ser mais simples de ser executado.

De forma resumida, o objetivo da indústria 4.0 é fazer com que uma indústria se torne uma fábrica inteligente, ou seja, que tenha processos automatizados e toda tecnologia necessária de ponta.

Mas de onde surgiu o termo indústria 4.0? Houve outras revoluções tecnológicas antes dessa? Isso nós vamos ver abaixo, por isso continue nos acompanhando!

Como surgiu a indústria 4.0?

O termo “indústria 4.0” surgiu pela primeira vez em 2011, na Alemanha, com a proposta de otimizar e informatizar as fábricas do país.

No entanto, o real significado da indústria 4.0 é que o termo é uma abreviação para a “quarta revolução industrial”. Como você já percebeu, este é uma continuação das outras revoluções industriais.

Desde a primeira revolução industrial, o foco sempre foi facilitar e otimizar as atividades do dia a dia. Por isso, foi inventada a máquina de vapor aplicada a indústria têxtil.

Logo em seguida, com a segunda revolução industrial, a comercialização de automóveis, rádios e aviões se tornou ainda mais comum e frequente.

Já na terceira revolução industrial, as máquinas e equipamentos foram cada vez mais desenvolvidos e aperfeiçoados.

Por fim, a quarta revolução industrial está apenas engatinhando em alguns países, mas ela já promoveu avanços tecnológicos como a otimização dos processos, melhoria no controle e monitoramento e gerenciamento de dados.

Todos os tipos de indústria, como as que produzem objetos decorativos, pigmentos para plásticos, entre outros, podem utilizar esse avanço para terem mais oportunidades no mercado e se desenvolver de maneira sustentável.

Como usar a indústria 4.0 em seu setor?

Agora que já vimos tudo sobre o conceito e evolução da quarta revolução industrial, confira abaixo como é possível aplicar esse avanço tecnológico em seu próprio negócio:

Inteligência artificial

A inteligência artificial é um dos pontos mais importantes dentro da indústria 4.0. Isso, pois foi um dos fatores que mais se desenvolveu nos últimos anos dentro das indústrias.

Por sua vez, a inteligência artificial, ou apenas IA, se baseia na criação, desenvolvimento e implementação de mecanismos inteligentes, capazes de realizar uma série de atividades operacionais dentro de uma organização.

Em outras palavras, a inteligência artificial é uma ciência que estuda e implementa dispositivos capazes de solucionar problemas, perceber, raciocinar, entre outros.

E não precisamos nem falar dos benefícios dessa tecnologia, não é mesmo? Afinal, esse avanço otimiza diversos processos operacionais.

Imagine uma empresa que produz lençol de borracha, por exemplo. Para a fabricação desse produto, é necessário diversas máquinas e equipamentos, além de profissionais presentes e capacitados nas linhas de montagem.

Mas por meio da AI, as próprias máquinas e equipamentos podem fazer todo trabalho sem a necessidade de intervenção humana.

Big Data Analytics

O Big Data Analytics é outro conceito presente dentro da indústria 4.0. Ele se baseia em armazenar e gerenciar uma grande quantidade de dados para uma empresa.

Muitas empresas que trabalham com grandes quantidades de informações possuem muita dificuldade em gerenciá-las ou encontrá-las quando necessário.

Nesse sentido, o Big Data é uma ferramenta muito além dos softwares tradicionais, pois por meio dele, você consegue localizar e gerenciar todos os dados com mais simplicidade e otimização.

Imagine ter toda informação que você precisa sempre quando quiser? É isso que o Big Data Analytics proporciona. E por essa razão, essa ferramenta também já virou o centro de atrações para muitas indústrias.

Internet das Coisas

Por fim, temos a Internet das Coisas, que se trata de estabelecer uma conexão das máquinas e equipamentos e dispositivos com a internet.

A Internet das Coisas tem a ideia de transformar todas as máquinas em dispositivos inteligentes, capazes de realizar as tarefas operacionais sem a intervenção humana. Essa capacidade vem da conexão a Internet, onde as tarefas serão programadas e delegadas.

Além disso, com a Internet das Coisas, você também consegue acessar seus dispositivos de forma remota!

Fonte Educa Mundo

Sobre Ramires, F. A. Borja

Proficiência em Regras de Negócios e Tecnologia da Informação
Esse post foi publicado em Business Intelligence e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s