Conheça os 5 principais Indicadores de Performance Financeiros (KPIs).

BR&M Tecnologia, ERPUm desafio constante da área financeira é garantir que o departamento seja reconhecido como estratégico para o negócio. E essa não é uma etapa simples.

Embora as atividades de finanças sejam essenciais para a saúde empresarial, ainda existem muitos paradigmas a serem quebrados. Um deles está relacionado com a dificuldade dos profissionais em interagirem com as demais áreas, o que é fundamental para ampliar o conhecimento sobre a empresa e o mercado de atuação, além de aprimorar o relacionamento interpessoal.

Diante disso, uma missão do gerente financeiro é trabalhar com o intuito de desenvolver as habilidades técnicas e comportamentais da sua equipe, estimulando a busca pelos resultados. Para tanto, a aplicação de métricas e metas para cada projeto financeiro passa a ser uma necessidade.

E é aí que surge a importância de definir indicadores específicos de resultados que vão facilitar o gerenciamento de equipes e o atingimento dos objetivos estratégicos de cada área.

Alguns exemplos de KPIs usados na área financeira são:

1- atingimento do planejamento do fluxo de caixa: avalia se o resultado foi divergente ou próximo ao planejado.

2- orçamento de resultado e de custos (realizado versus orçado): é uma métrica que facilita a análise de possíveis discrepâncias financeiras.

3- gestão dos empréstimos (acompanhamento dos pagamentos, disponibilidade de linhas e custos): quando falamos de relacionamento com o banco é importante acompanhar os custos de empréstimos e verificar se as linhas de crédito disponíveis e os prazos são adequados à necessidade da corporação.

4- rentabilidade versus prazo de liquidez e rentabilidade versus riscos: KPIs essenciais para avaliar o retorno potencial e efetivo de um investimento.

5- acompanhamento do orçamento de capital: muitas vezes esquece-se de acompanhar de forma sistemática e regular as resultantes de decisões tomadas na alocação de capital. É empregado para identificar se o valor gerado pelo projeto está de acordo (ou não) com a expectativa.

Adotar o uso de indicadores é um passo importante para a gestão dos projetos. Mas um ponto que também não pode ser esquecido pelo gestor financeiro é a necessidade de compartilhar conhecimentos isolados.

O que isso quer dizer? 

A gestão de conhecimento da empresa, na grande maioria as vezes, é tácita e exclusiva de cada colaborador da área. Portanto, é preciso buscar alternativas para automatizar e compartilhar o conteúdo individual de cada um, buscando transformar o conhecimento isolado em explícito.

Se você quer se tornar um gerente financeiro de sucesso, comece colocando em práticas essas orientações. Aproxime-se das demais áreas, torne seu conhecimento público e aplique os indicadores de performance nos seus projetos.

Fonte: Saint Paul

Sobre Ramires, F. A. Borja

Proficiência em Regras de Negócios e Tecnologia da Informação
Esse post foi publicado em Business Intelligence e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s